5 dicas para você cuidar do seu pet nesse verão!

Se nós humanos já ficamos inquietos com o extremo calor no verão, nossos animais de estimação passam pela mesma situação. Segundo o veterinário Fernando Ibanez, presidente da Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais – São Paulo “Os que mais sofrem são os cães de focinho curto, como buldogues e pugs, e os gordos, que têm mais calor do que os magros”.

Você sabia que cachorros não transpiram pela pele, mas sim pelo coxim? Coxim são aquelas almofadinhas da pata, além disso transpiram também pelo focinho e pela boca.

Por isso algumas ações podem amenizar o sofrimento do seu melhor amigo!

1) Água é fonte de vida!

Isso mesmo, dê bastante água para o seu pet não ficar desidratado, troque a água sempre que ela começar a esquentar. Caso você trabalhe fora de casa o dia todo, espalhe mais potes pela casa em lugares longe do sol.

2) Não deixe seu pet no carro ou em lugares fechados

Ao sair de casa para passear com seu pet, lembre-se de evitar lugares muito quentes e fechados. Isso é perigoso para a saúde deles, a temperatura do corpo ultrapassa os limites fisiológicos que permitem a troca de calor com o ambiente. Órgãos e sistemas começam a falhar, levando o animal à morte. Se você for a alguma loja que não permita a entrada de animais, é melhor deixa-lo em casa, evite sempre deixar seu animal de estimação no carro.

3) Atenção nos passeios

Levar seu pet para uma caminhada é ótimo, porém, muito cuidado com os lugares e horários que fará esse passeio. O ideal é escolher os períodos onde o sol não está muito quente, geralmente inicio da manhã ou final da tarde. Importante lembrar também sobre as almofadinhas que falamos acima. Evite asfalto, britas, e opte sempre que possível por gramas, e terra para que não machuque as patas do seu animalzinho.

4) Refresque o seu Pet

Cães e gatos precisam e devem tomar banho pelo menos 1 vez por semana no verão. Isso ajuda a refrescar, além de contribuir muito para a higiene do seu animal. Importante também após o banho secar seu pet com uma toalha para tirar o excesso da água e após isso secar com um secador em temperatura média. Lembre-se usar produtos específicos para seu animal.

5) Protetor solar?

Você sabia que animais de estimação também precisam usar protetor solar? Sim, Existem produtos próprios para os cães. Eles têm sabor amargo para evitar que os animais os retirem com as lambidas e devem ser aplicados sobretudo nas áreas mais expostas ao sol, como focinho, barriga e pontas das orelhas. É uma medida que ajuda a prevenir queimaduras e câncer de pele. Isso se faz necessário principalmente para animais com a pelagem branca.

 

Publicado em: 2018-01-15 às 11:17